• Go to:

Ftos, poderão decidir qual a melhor abordagem para o seu caso.

Os factores que influenciam a decisão são:

  • Os seus sintomas
  • Características dos cálculos
  • A sua história clínica
  • O tipo de tratamentos disponíveis no seu hospital e a experiência do seu médico
  • As suas preferências e valores pessoais

Nem todos os cálculos necessitam de tratamento. Precisa de tratamento se o seu cálculo provoca desconforto e não passa naturalmente com a urina. O seu médico também pode aconselhar o tratamento se tiver determinadas condições médicas pré-existentes.

Existem diferentes formas de tratamento para situações urgentes e não urgentes.

Tratamento conservador

A maioria dos cálculos renais e uretrais sai espontaneamente quando urina. No entanto, dependendo do tamanho e localização, este poderá levar algum tempo a passar. Pode sofre de cólica renal quando o cálculo se move. Se o cálculo for muito pequeno, tem uma probabilidade de 95% de que este seja expulso no prazo de 6 semanas.

De forma geral, deve manter o seguinte em mente:

  • Quanto mais perto o cálculo estiver da bexiga, maior é a probabilidade de expulsão
  • Quanto maior for o cálculo, menor é a probabilidade de expulsão

Tratamento ativo

Os cálculos ureterais e renais devem ser tratados se causarem sintomas. Se forem assintomáticos devem ser tratados se:

  • O cálculo continuar a crescer
  • Houver risco elevado de formação de outros cálculos (ver Avaliação Metabólica)
  • Houver infeção
  • Cálculos volumosos
  • O doente preferir tratamento ativo

O seu médico vai-lhe recomendar remoção de um cálculo uretral se:

  • Parecer grande demais para passar com a urina
  • Continuar a sentir dor apesar da medicação
  • Os seus rins tiverem deixado de funcionar normalmente ou puderem deixar de funcionar normalmente
error: Content is protected !!