• Go to:

O que é noctúria?

Noctúria é acordar uma ou mais vezes durante a noite devido à necessidade de urinar.

Isto significa que se acordar durante a noite – por exemplo, porque tem sede, ouve ruídos, está preocupado ou tem dores – e decide, entretanto, ir ao quarto de banho/à casa de banho, não tem noctúria. Se a primeira coisa que faz de manhã, ao acordar, é ir à casa de banho, também não sofre de noctúria.

Acordar ocasionalmente para urinar é comum e geralmente não é muito incómodo. No entanto, se acorda regularmente duas ou mais vezes por noite, isto pode afetar a sua qualidade de vida e saúde em geral. Quantas mais vezes acordar por noite, pior o impacto no seu bem-estar.

A noctúria interrompe o seu sono e pode fazê-lo sentir-se mais cansado do que o habitual durante o dia. Isto pode dificultar a sua capacidade de concentração no trabalho e a realização das suas atividades diárias. Os seus níveis de energia mais baixos podem também afetar a sua vida social.

A noctúria é muito frequente?

A noctúria afeta homens e mulheres, tornando-se mais frequente à medida que envelhece. Em adultos até aos 30 anos, a noctúria é mais comum em mulheres do que em homens, enquanto que, a partir dos 50 anos de idade, afeta mais os homens. Acima dos 60 anos, a probabilidade de sofrer de noctúria aumenta rapidamente, e da mesma forma, para homens e mulheres.

Curiosidade

Embora noctúria signifique literalmente “urinar durante a noite”, esta também pode ocorrer durante o dia naqueles que trabalham por turnos à noite e dormem durante o dia.

Esta informação foi atualizada em janeiro de 2014.

Esta informação foi produzida pela Associação Europeia de Urologia (European Association of Urology – EAU).

O conteúdo está em linha com as Guidelines da EAU.

Colaboradores:

  • Prof. Chistopher Chapple – Sheffield, Reino Unido
  • Dr. Jean-Nicolas Cornu – Paris, França
  • Prof. Stavros Gravas – Larissa, Grécia
  • Dr. Diane Newman – Filadélfia, Estados Unidos
  • Prof. Andreas Skolarikos – Atenas, Grécia
  • Mr. Nikesh Thiruchelvam – Cambridge, Reino Unido

Tradutores:

  • Dr. Tiago Antunes-Lopes – Porto, Portugal
  • Dr. Luís Vale – Porto, Portugal
error: Content is protected !!